sexta-feira, 31 de maio de 2013

Poder de Maria Santíssima para nos defender nas tentações.

Inimicitias ponam inter te et mulierem ... Ipasa conteret caput tuum – "Porei inimizade entre ti e a mulher... Ela te esmagará a cabeça" (Gen. 3,15).


Com muita razão a Santíssima Virgem é comparada a um posto em ordem de batalha, porque ela sabe ordenar o seu poder e a sua misericórdia para confusão dos inimigos infernais e benefício dos seus devotos. Felizes de nós, se nas tentações recorrermos sempre a esta divina Mãe, invocando o seu doce nome juntamente com o de Jesus. O obséquio mais agradável a Maria é: recomendarmo-nos muitas vezes a ela e metermo-nos debaixo da sua proteção: Sub tuum praesidium confugimos, sancta Dei Genitrix – "Sob tua proteção nos refugiamos, ó santa Mãe de Deus!"

Pela mesma razão a Virgem é chamada pelo divino Esposo terrível contra o poder do inferno: como um exército bem ordenado: Terribilis ut castrorum acies ordinata . Ela sabe ordenar bem o seu poder, a sua misericórdia e os seus rogos para confusão dos inimigos e benefício dos seus servos, que nas tentações invocam o seu poderosíssimo socorro. Como foi revelado a Santa Brígida, o orgulhoso Lúcifer antes queria que se lhe multiplicassem as penas do que ver-se dominado pelo poder de uma mulher. Feliz, pois, aquele que nas lutas com o inferno recorre sempre à divina Mãe e invoca o belo nome de Maria.

(LIGÓRIO, Afonso Maria de. Meditações: Para todos os Dias e Festas do Ano: Tomo II: Desde o Domingo da Páscoa até a Undécima Semana depois de Pentecostes inclusive. Friburgo: Herder & Cia, 1921, p. 88 - 91.) 

quinta-feira, 30 de maio de 2013

Corpus Christi!!


A celebração de Corpus Christi consta de uma missa, procissão e adoração ao Santíssimo Sacramento.

A procissão lembra a caminhada do povo de Deus, que é peregrino, em busca da Terra Prometida. No Antigo Testamento esse povo foi alimentado com maná, no deserto. Hoje, ele é alimentado com o próprio Corpo de Cristo.

Durante a Missa o celebrante consagra duas hóstias: uma é consumida e a outra, apresentada aos fiéis para adoração. Essa hóstia permanece no meio da comunidade, como sinal da presença de Cristo vivo no coração de sua Igreja.

Maria Santíssima, primeiro sacrário do Amor.


SSMO CORPO DE CRISTO !


Corpus Christi significa Corpo de Cristo, vem do latim, e tem por objetivo celebrar o mistério da eucaristia, o sacramento do corpo e do sangue de Jesus Cristo. É uma festa religiosa da Igreja Católica. A festa de Corpus Christi acontece sempre na quinta-feira seguinte ao domingo da Santíssima Trindade, em alusão a quinta-feira santa quando Jesus instituiu o sacramento da eucaristia.

terça-feira, 28 de maio de 2013

Significado do nome Maria!


E o nome da Virgem era Maria (Lc 1, 27). Fá-lo para nos dar a entender que o nome da puríssima Virgem é inseparável da castidade. Vem daí a frase de S. Pedro Crisólogo: O nome de Maria é indício de castidade, querendo dizer: quem duvida se pecou nas tentações impuras, tem um sinal certo de não ter ofendido a castidade, quando se lembra de haver invocado a Maria.

Sigamos sempre, por conseguinte, o belo conselho de S. Bernardo: Nos perigos, nos apuros, nas dúvidas, pensa em Maria, invoca a Maria; nunca se aparte seu nome de teus lábios, de teu coração. Em todos os perigos de perder a graça divina pensemos em Maria, invoquemos o seu nome e o de Jesus, para que andem sempre unidos esses dois nomes. Nunca se apartem nem do nosso coração, nem da nossa boca, esses dois dulcíssimos e poderosíssimos nomes. Pois eles nos darão forças para não cairmos e para vencermos sempre todas as tentações. (Glórias de Maria – Santo Afonso Maria de Ligório)

segunda-feira, 27 de maio de 2013

Esse recadinho é para as mamães!


É muito importante que façamos a evangelização dentro de casa para nossos filhos. Pensando nisso separamos umas imagens para homenagearmos nossa Mãe Protetora em família, e uma ótima oportunidade de falarmos Dela para nossas crianças. Salve Maria!

domingo, 26 de maio de 2013

Maria, nome santo!!!


"O augusto nome de Maria, dado à Mãe de Deus, não foi coisa terrena, nem inventada pela mente humana ou escolhido por decisão humana, como acontece com todos os outros nomes que são impostos. Este nome foi escolhido pelo Céu, e lhe foi imposto por divina disposição, como o atestam São Jerônimo, Santo Epifânio, Santo Antonino e outros. “Do Tesouro da divindade – diz Ricardo de São Lourenço – saiu o nome de Maria”. Dele saiu teu excelso nome, porque as três divinas pessoas, continua ele, te deram esse nome, superior a qualquer nome, à exceção do nome de teu Filho, e o enriqueceram com tão grande poder e majestade que, ao ser pronunciado teu nome, querem que, para reverenciá-lo, todos dobrem o joelho, no céu, na terra e no inferno. Mas, entre outras prerrogativas que o Senhor concedeu ao nome de Maria, vemos quão doce o tem feito para os servos desta Santíssima Senhora, tanto durante a vida como na hora da morte.]'

(Glórias de Maria – Santo Afonso Maria de Ligório)

sábado, 25 de maio de 2013

“[...]Que alma foi tão desapegada deste mundo, e tão unida a Deus , quanto a bela alma de Maria?[...]”


De Maria já se disse nos Cânticos: Quem é esta que sobe pelo deserto, como uma varinha de fumo, cheia de aromas de mirra, e de incenso, e de toda a casta de polvilhos odoríferos? (3,6). A sua total mortificação, figurada na mirra; as suas fervorosas orações, expressas pelo incenso, e todas as suas santas virtudes, unidas à sua perfeita caridade para com Deus, acendiam nela intenso incêndio. No meio deles sua bela alma, toda sacrificada e consumida pelo amor divino, se eleva continuamente a Deus qual varinha de fumo, que de todas as partes trescalava suavíssimo perfume. A nuvem que sobe és tu, Maria, que exalaste para o Altíssimo a suavíssima fragrância das virtudes, diz Roberto, abade. E com maior expressão ainda, disse o Pseudo-Jerônimo: Foi Maria essa varinha de incenso, porque se consumia como um holocausto, inteiramente devorada pelo fogo do amor divino, e exalava sempre suavíssimo olor. (Glórias de Maria, Santo Afonso Maria de Ligório, pág. 330)

S. João viu Maria figurada naquela mulher vestida de sol, que tinha a lua debaixo dos pés (Ap 12, 1). Pela lua explicam os intérpretes significar-se o mundo, e seus bens caducos e sujeitos a inconstâncias, como o é a lua. Todos estes bens, Maria nunca os teve no coração, mas sempre os desprezou e teve debaixo dos pés. Viveu neste mundo como solitária rola num deserto, sem afeto a coisa alguma. Dela foi dito por isso nos Cânticos: Ouviu-se em nossa terra a voz da rola (2, 12). E em outro lugar: Quem é esta que sobe pelo deserto? (3, 6). Sobre a Virgem diz o abade Roberto: Subiste pelo deserto porque tua alma estava na solidão. Havendo, pois, Maria vivido sempre desprendida inteiramente das coisas terrenas, e sempre unida a Deus,não amarga, mas doce e suave devia ser-lhe a morte, por uni-la mais estreitamente a Deus com vínculo eterno no paraíso. (Glórias de Maria, Santo Afonso Maria de Ligório, p. 327)

25.05 SANTA MARIA MADALENA DE PAZZI!!!


No dia 25 de maio do ano 1607, ao morrer ficou bela e rosada. Tinha apenas 41 anos. Seu corpo se conserva ainda incorrupto no convento carmelita de Florença onde viveu.

25.05 Santa Maria Madalena de Pazzi, Virgem da Nossa Ordem!


"...Três religiosas, encarregadas pelo diretor espiritual, escreviam o que a santa ia dizendo, especialmente durante seu êxtase. Estas revelações foram publicadas em um livro titulado "Contemplações", o qual chegou a ser um verdadeiro tratado de teologia mística.

Ademais das dores físicas ela experimentou o que os santos chamam de "A noite escura da alma". Uma quantidade impressionante de tentações impuras, sentimentos de tristeza e preguiça espiritual, falta de confiança e de alegria. Sofria de violentas dores de cabeça e se paralisava freqüentemente. A sua pele se tornava tão sensível que o mais suave contato se tornava uma verdadeira tortura."

sexta-feira, 24 de maio de 2013

Por Frei Tiago de São José- Programa " A Hora da Misericórdia" 24.05.13


"Muitas vezes as coisas negativas ficam perturbando o nosso coração e essas coisas vão remoendo dentro de nós e atrapalhando a nossa própria vida, até mesmo a nossa saúde, então na oração você apresenta todos esses sofrimentos, as coisas que te trazem preocupação, coloca diante Dele, e com isso você esvazia o seu coração destes sentimentos negativos que atrapalham a sua vida. O Terço da misericórdia que rezamos todos os dias é uma suplica a Deus Pai em nome da paixão sofredora do seu filho Jesus Cristo, uma súplica em primeiro lugar pelos pecadores e também pela nossa própria vida para que Ele perdoe os nossos pecados." ( Frei Tiago de São José)

Meditação Vésperas 24.05.13


"Guardai-vos também, de umas humildades acompanhadas de grande inquietação acerca da gravidade de nossos pecados.
Procedem do demônio, que costuma angustiar as almas de muitas maneiras, até afastá-las das Comunhões e da prática da oração, convencendo-as de que não são dignas.

A verdadeira humildade, por grande que seja, não inquieta, nem desassossega, nem produz alvoroço. Vem com paz, alegria e tranquilidade." ( Santa Teresa D' Ávila - Caminho de Perfeição)

25.05 Santa Maria Madalena de Pazzi, Virgem da Nossa Ordem!


Em meio ao seu êxtase, abraçando o crucifixo, com rosto brilhante exclamava: "Oh meu Jesus, concede-me palavras eficazes para convencer ao mundo que teu amor é grande e verdadeiro e que nosso egoísmo é enganoso e trapaceiro".
Aparecem nas mãos e nos pés os estigmas de Cristo Crucificado.
Produziam nela dores muito intensas, mas ela se entusiasmava ao poder sofrer mais e mais por fazer que Cristo fosse mais amado e mais obedecido por obter que mais almas se salvassem.

quinta-feira, 23 de maio de 2013

"O que devemos fazer para estar em sintonia de AMOR com a Santíssima trindade?


"Não somente renunciar aos pecados, mas principalmente ao orgulho e a vaidade, principalmente a ambição, mas a ambição religiosa, ou seja, das pessoas quererem ser melhor do que os outros dentro da faixada da religião. Se nós queremos realmente agradar ao Pai, nós temos que tirar esses sentimentos que não são elevados, que não são puros, que não são da vontade de Deus. Vamos mudar, vamos amar a Deus como criança, amar a Deus sem barreiras, sem preconceitos, sem sentimentos de vã presunção, ou seja, achar que alguma coisa é muito, sendo que somente DEUS É MUITO. Achar que você tem muita capacidade, mas somente Deus é capaz de fazer você realizar alguma coisa." (Frei Tiago de São José 23.05.13)

25.05.13 - Santa Maria Madalena de Pazzi, Virgem da nossa Ordem!



A uma religiosa que lhe perguntava como podia suportar suas dores sem proferir nem uma só palavra de impaciência, lhe respondeu: "Pensando e meditando nos sofrimentos que Jesus padeceu em sua santíssima Paixão e morte. Quem vê as feridas de Jesus crucificado e medita nas suas dores, adquire um grande valor para sofrer sem impacientar-se e tudo por amor a Deus".

Meditação do Evangelho!


"Jesus tornou a dizer-lhes: Em verdade, em verdade vos digo: eu sou a porta das ovelhas. Todos quantos vieram antes de mim foram ladrões e salteadores, mas as ovelhas não os ouviram. Eu sou a porta. Se alguém entrar por mim será salvo; tanto entrará como sairá e encontrará pastagem. O ladrão não vem senão para furtar, matar e destruir. Eu vim para que as ovelhas tenham vida e para que a tenham em abundância. " – João 10; 7-10

"Ele é o selo da pureza, da verdade e da vida. “Quem entrar por mim será salvo”, hoje em dia muitas pessoas que procuram soluções diversas para encontrar a felicidade, mas de que adianta a felicidade se nós não tivermos a vida eterna? De que adiantaria para nós sermos felizes, termos tudo, se algum dia vamos perder tudo isso? Por isso Jesus disse: “quem entrar por mim será salvo, entrará e sairá, quer dizer, entrar numa porta mas não ficar nessa porta, vai além da porta! O que quer dizer isso? Significa dizer que essa porta é a humanidade de Jesus, e pela humanidade de Jesus nós entramos, ou seja, pelo conhecimento do Cristo quanto ser humano, a quele que mostrou pra nós a face do amor, aquele que teve compaixão dos doentes e pequeninos, aquele que ensinou os apóstolos. E saímos em outra dimensão de vida, que nos leva além da humanidade de Cristo, em outras palavras, nos leva para Divindade, pra vida espiritual, e é nessa vida espiritual que nós encontramos respostas para os nosso anseios, nosso medos, nossas limitações. Nesta vida espiritual nós somos plenamente preenchidos e atingimos uma verdadeira semelhança com Deus, por isso que se diz que os eleitos do céu participam da divindade". (Frei Tiago de São Jose- Programa "A Hora da Misericórdia" 22.05.13)

quarta-feira, 22 de maio de 2013

22.05 SANTA RITA


Santa Rita, é celebrada no dia de hoje, 22.05, e nós sabemos que ela nasceu em 1381, seu pais eram conhecidos como os pacificadores de Cristo, porque a cidade era uma cidade de muita briga, e os pais de santa Rita eram pessoas muito amigas, muito simples, que pacificavam o coração de ódio que havia nos outros. Desses pais piedosos, nasceu esta mulher que se tornou uma grande luz na Igreja, uma grande santa.
Quando santa Rita nasceu sua mãe já tinha mais de 50 anos, então já foi considerado um grande milagre o nascimento dessa menina, e o nome dela era Marguerita, que significa Pérola em Italiano, mas os pais e os amigos começaram a chamar de Rita. E essa menina cresceu nesse lar cristão e católico e sempre desde pequena teve o coração voltado para Deus.
"Aqui podemos aprender a importância dos Pais para santificar a vida dos filhos. Porque se os pais buscam a Deus de verdade, se eles rezam e se tornam pessoas santas, eles também vão conduzir os filhos no caminho da santidade, Deus vai transmitir essa graça, essa virtude na vida dos Filhos.
Então vamos pedir hoje pelas famílias, que santa Rita interceda pelas nossas famílias." (Frei Tiago de São José)
Amém!!!

Programa "A Hora da Misericórdia" 22.05.12


"Muitas vezes na Igreja vemos pessoas que falam muito, mas não tem conteúdo, a verdadeira ensinamento de Cristo não está nas palavras, mas nos gestos.
Quando nós aproximamos de Deus nesta hora da misericórdia, nós devemos pensar que o filho de Deus aceitou morrer por causa de nós, também para nos ensinar a morrer, cada dia nós temos que morrer um pouquinho para nossas vaidades, ambição, nossos desejos da carne. Tudo isso nós devemos colocar na cruz, e crucificar as nossas paixões, as nossas vontades, para nós nos conformarmos com esse compromisso do verdadeiro Evangelho.

Hoje em dia existem muitas opções, muitas religiões e mesmo dento da Igreja existem muitas coisas diferentes, mas NÃO EXISTE ESPIRITUALIDADE VERDADEIRA, NÃO EXISTE VIDA DE ORAÇÃO AUTÊNTICA SE NÃO ESTIVER BASEADO NA CRUZ DE NOSSO SENHOR JESUS CRISTO." - Por Frei Tiago De São José

Meditação das Vésperas 22.05.13



“ Justificados, pois, pela fé temos a paz com Deus, por meio de nosso Senhor Jesus Cristo. Por ele é que tivemos acesso a essa graça, na qual estamos firmes, e nos gloriamos na esperança de possuir um dia a glória de Deus. Não só isso, mas nos gloriamos até das tribulações. Pois sabemos que a tribulação produz a paciência, a paciência prova a fidelidade e a fidelidade, comprovada, produz a esperança. E a esperança não engana. Porque o amor de Deus foi derramado em nossos corações pelo Espírito Santo que nos foi dado.” – Romanos 5; 1-5

22.05 MEMÓRIA DE SANTA RITA DE CÁSSIA, RELIGIOSA.



Oração: Ó Deus, grandeza dos humildes, que fizestes santa Rita de Cássia distinguir-se pela caridade e paciência, dai-nos, por suas preces e méritos, a graça de amar-vos sempre, carregando a cruz de cada dia. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Amem.

22.05 Santa Rita



Santa Rita foi uma mulher que aprendeu com a vida, teve sofrimentos com a vida, inclusive com o marido, que foi morto injustamente, era uma pessoa briguenta, que tinha dificuldade de relacionamento com as pessoas, no entanto ela alcançou a graça que quando o marido estava pra morrer ele se converteu. Depois os filhos, que queriam se vingar da morte do pai, e Santa Rita foi capaz de rezar para que eles perdessem a vida do corpo do que a vida da alma, ela acabou ficando viúva e sem os filhos. Uma oração um pouco estranha aos nossos olhos porque nós nunca vamos rezar para que os filhos morram, mas santa Rita teve visão espiritual porque se eles cometessem um pecado mortal eles poderiam perder a sua vida eternamente, perder a salvação, por isso ela pediu que Deus os levasse antes de cometerem um pecado mortal. Então seria um excesso de zelo e uma visão, uma perspectiva sobrenatural das coisas que foi capaz de fazer com que santa Rita tivesse esse tipo de raciocínio e oração; e de fato foi atendida.
Depois ela quis ser religiosa, viúva. E tem muitos mosteiros que aceitam viúvas. Acontece que justamente o mosteiro da cidade dela na Itália, não aceitava pessoas de mais idade, e ela já tinha mais de 50 anos, então através de alguns milagres a superiora do mosteiro entendeu que deveria aceitar Santa Rita na comunidade e ela ingressou nos agostinianos e viveu mais alguns anos de vida, por uma vida muito exemplar, muito escondida e muito orante, ela meditava a tal ponto a paixão de Jesus Cristo que recebeu na testa uma ferida como o espinho da coroa de nosso Senhor e essa feriada que ficava na sua testa ela exalou perfume após a sua morte, e esse perfume é o perfume da sua pureza, da sua santidade. O perfume de Cristo que exalou em sua alma.
Uma mulher digna, sensata, tão penitente, tão assídua na oração. Tão forte para perseguir o ideal da fé, essa é santa Rita!
Meditamos essa festa para que as pessoas uma vez festejando a padroeira , aprendam  com os seus exemplos e fiquem edificados com a sua fé e possam também crescer no amor de Cristo.
“Não vos embriagueis com vinho, que é uma fonte de devassidão, mas enchei-vos do Espírito. Recitai entre vós salmos, hinos e cânticos espirituais. Cantai e celebrai de todo o coração os louvores do Senhor. Rendei graças, sem cessar e por todas as coisas, a Deus Pai, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo!” – Efésios 5; 18-20
É Assim que devemos viver a nossa religião, nós de fato, celebramos os santos, não porque o santos são objetos da nossa fé, mas porque são exemplos, são aquelas pessoas que queremos imitar, porque elas celebraram a Deus de todo coração “recitando salmos, hinos e cânticos espirituais”, assim viveu Santa Rita, totalmente dedicada a oração.
De fato, Santa Rita viu que seu marido era alcoólatra e bebia muito, sendo assim, ela fez o voto de nunca mais tocar na bebida alcoólica, pediu aos filhos e infelizmente não atenderam. Vemos também na vida de Santa Rita a desgraça que é a bebida na vida das pessoas. A medida que você pode renunciar à bebidas, você vai se tornar uma pessoa mais completa e mais cheia do Espírito Santo. Por isso diz “não vos embriagueis com vinho, mas encheis com Espírito Santo”, o Espírito Santo não causa embriaguez física, mas nos traz embriaguez do amor, da graça de Deus.
Feliz a pessoa que troca o vinho, a cerveja, a pinga (qualquer bebida alcoólica), pela bebida do ESPÍRITO, PORQUE O ESPIRITO DE DEUS É A BEBIDA VERDADEIRA.
"QUE SANTA RITA NOS ENSINE A PERSEVERANÇA NA PRATICA DO BEM, NOS ENSINE A SOFRER COM PACIÊNCIA, SEM SE REVOLTAR COM DEUS, A SERMOS INSISTENTES NA ORAÇÃO"... Por Frei Tiago de São José.
Amém!!!

terça-feira, 21 de maio de 2013

Por Frei Tiago de São José- Programa "A Hora da Misericórdia" 21.05.13



"Temos que ter essa imagem sempre viva no nosso coração de que Jesus mesmo sendo Deus quis ser em tudo semelhante a nós.
            Muitas vezes Jesus estava cansado e precisou de alguém pra conversar, Ele sofreu todas essas fraquezas e dificuldades para que Ele aprendesse por uma experiência concreta o que é a vida humana, agora Ele pode dizer “Eu não sou somente o Criador do ser humano, mas sou em tudo semelhante”. E por isso você pode se aproximar com confiança, sabendo que Ele não está longe, mas a vida de Jesus agora é a sua vida! E como se Ele dissesse: “Eu nunca estou longe de você, pelo contrário quando você Me comunga, come a Minha carne e bebe o Meu sangue na Eucaristia, Eu permaneço em você e você permanece em mim!”.
Então é muito importante nós termos essa proximidade com Cristo, essa capacidade de entender e acreditar que Ele é ser humano como nós e esse ser humano intercede junto ao Pai para que nós tenhamos o perdão dos nossos pecados, para que o Pai seja misericordioso e nos livre de todos os perigos e males dessa vida e também da condenação após a morte."

Meditação Vésperas 21.05.13




"Fili, non aegre feras si,
quidam de te male
seserint et dixerint
quod non libenter audias."
( Imitação de Cristo-  Capítulo XXVIII).

"Filho, não te incomodes,
Se mal de ti julgarem,
E coisas afirmarem
Que a custo ouvi-las podes."
( Imitação de Cristo-  Capítulo XXVIII).


"Digo-vos a vós que ouvis: amai os vossos inimigos, fazei bem aos que vos odeiam, abençoai os que vos maldizem e orai pelos que vos injuriam.." - LUCAS 6; 27-28



25.05 Santa Maria Madalena de Pazzi



“ Fez seus votos ou juramentos de pobreza, castidade e obediência antes que as demais noviças, porque teve uma grave doença que quase a levou à morte.
Quando a transportavam à enfermaria depois de fazer seus três votos, Madalena teve seu primeiro êxtase que lhe durou mais de uma hora. Seu rosto apareceu ardente, e desfeita em lágrimas soluçava e repetia: "Oh amor de Deus que não es conhecido nem amado: Como estás ofendido!". Nos seguintes quarenta dias teve imensas consolações espirituais e recebeu graças extraordinárias.”

segunda-feira, 20 de maio de 2013

25.05 - Santa Maria Madalena de Pazzi, Virgem da nossa Ordem!



Santa Maria Madalena de Pazzi nasceu em 1566, em Florença, na Itália. Recebeu o nome de Catarina no batismo e cresceu bela e muito inteligente em sua cidade natal, Florença. Tinha origem nobre, com acesso tanto à luxúria quanto às bibliotecas ebenfeitorias da corte da família De Médici, que governava o ducado de Toscana. Sua sensibilidade foi atraída pelo aprendizado material e espiritual, abrindo mão dos prazeres terrenos, do luxo e das vaidades que a nobreza proporcionava. Assim, ao contrário do desejo dos pais, fez a primeira comunhão aos dez anos, coisa nada normal para a época.
Aos dezoito entregou-se à vida religiosa das carmelitas, onde assumiu o nome de Maria Madalena. A partir daí, passou a viver experiências místicas impressionantes, onde eram comuns os êxtases provocados por penitência, oração e contemplação, originando extraordinárias visões proféticas.
Para que suas revelações divinas não se perdessem, seu superior ordenou que três irmãs anotassem fielmente as palavras que explodiam de sua boca durante os êxtases. Um volumoso livro foi escrito com essas premonições e mensagens, e ela de próprio punho escreveu muitas cartas dirigidas a papas e príncipes contendo ensinamentos e orientações.
A vida mística acabou lhe acarretando doenças e desolações interiores que consumiram sua saúde. Seu zelo pelas almas não tinha limites. Gritava pelos corredores do Mosteiro de Florença: “Almas, Senhor, dá-me almas”! Seu grande anelo está plasmado nesta frase: “Jesus meu: dá-me uma voz potente que a ouça o mundo inteiro. Nosso amor próprio é o que nos ofusca o vosso conhecimento… amor próprio que é contrário ao Vosso, Senhor… Amor, faz com que as criaturas não amem outra coisa senão a Ti”!
Morreu em 25 de maio de 1607 com apenas quarenta e um anos. Foi canonizada, pelo Papa Clemente IX, no mesmo ano, coisa nada natural até na sua época.

domingo, 19 de maio de 2013

25/05 Comemoramos S. Maria Madalena de Pazzi, Virgem da nossa Ordem! E hoje sendo dia do Espírito Santo, colocamos um pensamento Dela!!! Salve Maria.



“Vem, Espírito Santo. Venha a unidade do Pai e do bem-querer do Verbo. Tu, Espírito da Verdade, és o prêmio dos santos, o refrigério dos corações, a luz das trevas, a riqueza
dos pobres, o tesouro dos que amam, a saciedade dos famintos, o alívio dos peregrinos; tu és, enfim, Aquele que contém em si todos os tesouros. Vem, tu que, descendo em Maria, realizaste a encarnação do Verbo, e realiza em nós, pela graça, o que nela realizaste pela graça e pela natureza”. - Pensamentos de Santa Maria Madalena de Pazzi.

Veni, Sancte Spíritus!!!!



"Como que o Espírito Santo nos ensina se não através da experiência do amor? O Espírito Santo não ensina doutrinas que alimentam o nosso intelecto, no sentido sim de aprimorar os dogmas e mistérios da Igreja, mas mais do que isso o Espírito Santo ensina como fazer para nós nos tornarmos semelhantes a Deus, nossa caminhada de fé não deve conduzir ao sucesso desse mundo, mas a um crescimento da nossa vida interior de tal forma que nós nos tornemos semelhantes a Deus, e essa semelhança para com Deus não é possível se não através do AMOR. Muita gente fala do Espírito através dos seus dons, carismas e virtudes, sem duvida tudo isso o Espírito manifesta, mas a carta de São Paulo aos Coríntios diz que todas essas coisas não valem de nada se não tem o AMOR." - Frei Tiago de São José.

Pentecostes!



"Há certos momentos na nossa vida que nós temos que aprender a fechar as portas, aprender a nos recolher. A Igreja vive dessa dupla dimensão porque o Espírito Santo tem a capacidade de ser ao mesmo tempo a Água que se fecha, se esconde e o fogo, que se propaga, que ilumina, se dissipa, o Espírito Santo age dessa dupla forma e a Igreja quando iniciou a sua vida na terra, Ela permaneceu como uma comunidade pequena de portas fechadas aguardando a promessa do pai.
Esse é o tempo de recolhermos; o papa Bento XVI dizia que estamos no tempo das catacumbas. Muitas vezes não podemos manifestar abertamente a nossa fé, pois ela vai ser uma agressão para aqueles que não conseguirem acompanhar essa dimensão que vivemos. Então em tudo nós precisamos estar em sintonia com o espírito de Deus, não importa se de portas abertas ou fechadas, mas abertos para o espírito."- Frei Tiago de São José

quinta-feira, 16 de maio de 2013

Meditação das Vésperas! 16/05/2013


“ ... Renunciai a mentira. Fale cada um a seu próximo a verdade, pois somos membros uns dos outros. Mesmo em cólera, não pequeis. Não se ponha o sol sobre o vosso ressentimento. Não deis lugar ao demônio. Quem era ladrão não torne a roubar, antes, trabalhe seriamente por realizar o bem com as suas próprias mãos, para ter com que socorrer os necessitados. Nenhuma palavra má saia da vossa boca, mas só o que for útil para a edificação, sempre que for possível, e benfazeja aos que ouvem. Não contristeis o Espírito Santo de Deus, com o qual estais selados para o dia da Redenção. Toda amargura, ira, indignação, gritaria, calúnia sejam desterradas do meio de vós, bem como toda malícia. Antes, sede uns aos outros bondosos e compassivos. Perdoai-vos uns aos outros, como também Deus vos perdoou, em Cristo.” – Efésios 4;25-31

PRIVILÉGIOS CONCEDIDOS PELA VIRGEM MÃE A QUEM USAR O ESCAPULÁRIO




Dois são os privilégios da irmandade do escapulário, privilégios deveras extraordinários,  que mereceram à instituição tão grande simpatia por parte do povo cristão. O primeiro desses  privilégios Maria Santíssima frisou-o bem, quando, no ato da  entrega do escapulário disse ao seu servo São Simão Stock: “É este o sinal do privilégio, que alcancei para ti e para todos os filhos do Carmelo. Todos aqueles  que estiverem revestidos  com este hábito, ver-se-ão salvos do fogo do inferno”.  O sentido desse privilégio é este: Maria Santíssima prometem a  todos os que usam o hábito do Carmo, sua proteção especial, principalmente na hora da morte, que decide a  história da  humanidade. O pecador, portanto, por mais miserável que seja, pondo a  confiança em Maria Santíssima e vestindo seu hábito, tendo aliás a intenção firme de  sair do estado do pecado, pode seguramente contar com o auxílio de Nossa Senhora, a qual  lhe alcançará a  graça da conversão e da perseverança. O escapulário não é um amuleto que assegure, sob qualquer hipótese, a salvação de quem o usar. Contam-se  milhares as conversões de pecadores na  hora da morte, atribuídas  unicamente ao escapulário de Nossa  Senhora do Carmo;   muitos também são os casos que mostram à evidência, que privilégio nenhum favorece a  quem, de maneira nenhuma,  se quer separar do pecado e  levar uma vida digna e  cristã.  Santo Agostinho diz  a verdade, quando ensina:  “Deus, que nos criou sem nossa cooperação, não nos pode salvar sem que o queiramos e desejemos”.   Quem não quer deixar de ofender a Deus, morrerá na impenitência; e se Maria Santíssima não ver a possibilidade alguma de arrancar a alma do pecador aos vícios e paixões, fará com que na hora da morte, por uma casualidade qualquer, não se encontre o hábito salvador, o que se tem dado muitas vezes.
             O Segundo privilégio é o tal chamado “privilégio sabatino”.  Um decreto da Santa Inquisição romana, datado de 20 de janeiro de 1613, dá aos  sacerdotes da Ordem Carmelitana autorização para pregar a  seguinte doutrina: “O povo cristão pode  crer no auxílio que experimentarão as  almas dos Irmãos e membros da Irmandade de Nossa Senhora do Carmo, auxílio este,  segundo o qual todos aqueles  que morrerem  na graça do Senhor, tendo em vida usado o escapulário, conservado a castidade própria  do estado, recitado o Ofício Parvo de Nossa Senhora, ou se não souberem ler, tiverem observado fielmente o jejum eclesiástico, bem como a abstinência nas quartas-feiras e sábados (exceto se a festa de Natal cair num destes dias), serão socorridos por uma proteção extraordinária da Santíssima virgem, no primeiro sábado que se lhe seguir  ao trânsito, por ser sábado o dia da semana consagrado a  Nossa  Senhora (Bula sabatina de João XXII.  3, III 1322)

quarta-feira, 15 de maio de 2013

Mergulhados nas águas do Espírito Santo - Por frei Tiago de São José - Rádio LUZ- Programa "A Hora da Misericórdia" 15/05/2013




"O Espírito Santo te deu a capacidade de amar o verdadeiro Deus. O Batismo é uma consagração, é uma unção, é uma Graça que dá ao ser humano ficar a par das coisas de Deus, a partir deste Sacramento.
Primeiro projeto: uma vida de oração, que Deus o escolheu, marcou, selou a sua alma com a marca do Espírito Santo.Preparando-nos para festa de Pentecostes, a festa do Espírito Santo. Ele não quer uma festa exterior e sim coisas bem escondidas que se manifestam no escondimento, na simplicidade e no silêncio. Hoje temos que começar uma proposta diferente, as almas que são simples de coração, que são desejosas de Deus, Ele quer adoradores em Espírito e Verdade , não quer um culto material, mas , sim espiritual.Em espírito , desligando-se das coisas materiais, absorvendo a Graça do Espírito Santo, na perfeição da lei de Deus, na busca da palavra verdadeira."

Meditação do Evangelho João 4;22-26 POR FREI TIAGO DE SÃO JOSÉ, Rádio Luz - Programa "A Hora da Misericórdia" 15/05/13



"DEUS QUER ADORADORES EM ESPIRITO E VERDADE, VAMOS DEIXAR QUE DEUS FAÇA ESSA OBRA EM NÓS, PORQUE ELE NÃO QUER UM CULTO MATERIAL E SIM ESPIRITUAL.
Precisamos sim de uma Igreja bonita, de paramentos para poder servir a Deus na Santa liturgia, mas a nossa oração, o contato do nosso coração com Ele NÃO RPECISA DE NADA DISSO! Não precisa se quer de uma imagem, não precisa de uma vela, não precisa de uma Bíblia, não precisa de nada, a não ser do amor, por isso Ele disse: “em Espírito”, quer dizer, desligando-se das coisas materiais, e absorvendo o fluxo da graça do Espírito Santo, e “em verdade”, quer dizer na perfeição da Lei de Deus, na busca dos mandamentos de Deus, na busca da Palavra verdadeira, “em verdade” significa que você não adere a nenhuma mentira de satanás, seja mentira do pecado, seja mentira da idolatria, dos falsos deuses(...)"

AD MAIOREM DEI GLORIAM



"Que tudo aquilo que fizermos seja "PARA MAIOR GLÓRIA DE DEUS". Esse pensamento de Santo Inácio de Loyola, santo espanhol, inspira-nos a buscar a grandeza de nossas atitudes, a rejeitar o que não convém ao cristão e mergulhar no sentido verdadeiro da vocação última do ser humano.

16/05 Celebramos a Solenidade de São Simão Stock, Confessor da Nossa Ordem!



(...) Estando-lhe assim satisfeita a  maior aspiração, Simão Stock tratou então de divulgar a irmandade do escapulário e convidar o mundo católico a  participar dos grandes privilégios anexos.  Extraordinária foi a afluência a  tão útil instituição. Entre os devotos do escapulário de Nossa Senhora do Carmo, vêem-se Papas, Cardeais e Bispos. Numerosos tem sido os  príncipes que pediram ser inscritos na  irmandade, como Eduardo III da Inglaterra, os imperadores da Alemanha,  Fernando I e II e  reis da Espanha, de Portugal e da França, além de muitas  rainhas e princesas de diversas nações.  O Escapulário teve uma aceitação favorável e universal entre o povo católico. Neste sentido, só é comparável ao Rosário. Como este, também teve adversários;  como o Rosário, também o escapulário tem sido agredido com todas as armas da impiedade, da malícia, do escárnio e do ódio. Mas também, como o Rosário tem experimentado o efeito poderosíssimo da proteção da Mãe de Deus; só assim  é explicável o fato de ter o escapulário passado incólume através de  750 anos e, hoje em dia, mais  do que nunca, gozar da predileção do povo cristão. 
 Se bem que a visão que São Simão Stock afirma ter tido de Nossa Senhora, não possuía o valor da autoridade de artigo de fé, tão averiguada se apresenta, que desfaz qualquer dúvida que a respeito possa subsistir.
        É Relatada com todas as minúcias pelo confessor do Santo, padre Swainton. Aprovada por muitos Papas, a irmandade do escapulário foi grandemente elogiada por Benedito XIV;  mais de cem escritores dos séculos 13, 14 e 15, dos quais  alguns não pertenciam à Ordem Carmelitana, se referem à visão de Simão Stock como a  um fato  que não admite dúvida. As universidades mais célebres, as  de Paris e Salamanca, declaram-se igualmente a favor.
     Dois decretos da Cúria Pontifícia, exarados pelos cardeais Belarmino e de Torres, declararam autêntica e verídica a  biografia de São Simão Stock, que contém a narração da maravilhosa visão. 

terça-feira, 14 de maio de 2013

16/05 Celebramos a Solenidade de São Simão Stock, Confessor da Nossa Ordem!



Vivia no condado de Kent um eremita que,  havia vinte anos, habitava na solidão, tendo por residência o tronco oco de uma árvore. O nome desse eremita era Simão  Stock. Atraído pela vida mortificada dos carmelitas  recém-chegados, como também pela devoção Mariana que aquela Ordem cultivava, pediu admissão como noviço na Ordem de Nossa Senhora do Carmo. Em 1225, Simão Stock foi eleito coadjutor Geral da Ordem, já então bastante conhecida e espalhada.
A Ordem começou a  sofrer  muita oposição, e Simão Stock fez uma viagem  para Roma.  Honório III, avisado em misteriosa visão que teve de Nossa Senhora, não só recebeu com toda deferência os  religiosos carmelitas,  mas aprovou novamente a regra da Ordem. Simão Stock visitou depois os Irmãos  da ordem no Monte Carmelo, e demorou-se com eles seis anos.
           Um capítulo geral da Ordem, realizado em  1237, determinou a transferência para a Europa de quase todos os  religiosos, os quais, para se verem livres das vexações dos Sarracenos, procuraram a Inglaterra, onde a Ordem possuía já 40 conventos.
          No ano de 1245, foi Simão Stock eleito Superior Geral da Ordem e a regra teve aprovação do Papa Inocêncio IV.
           A Ordem de  Nossa Senhora do Carmo, colocada sob a proteção da Santa Sé, começou a ter, então,  uma aceitação extraordinária no mundo católico. Para isto concorreu poderosamente a  Irmandade do Escapulário, que deve a  fundação a  Simão Stock.
           Homem de grandes virtudes, privilegiado por Deus com os  dons da profecia e dos milagres, empregou Simão Stock toda energia para propagar, na Ordem e no mundo inteiro, o culto mariano. Sendo devotíssimo a Maria Santíssima, desejava obter da Rainha celestial um penhor visível de sua benevolência e maternal  proteção.  Foi aos 16 de julho de 1251 que, estando em oração fervorosa, a renovar o pedido,  Nossa Senhora se  dignou aparecer-lhe. Rodeada de espíritos celestes, veio trazer-lhe um escapulário.  “Meu dileto filho – disse-lhe a Rainha do céu – eis o escapulário, que será o distintivo de minha Ordem. Aceita-o como um penhor de privilégio, que alcancei para ti e para todos os membros da Ordem do Carmo. Aquele  que morrer vestido deste escapulário, estará livre do fogo do inferno". 

Imitação de Maria!!!




Viver em Maria, nossa Mãe amantíssima, procurando em tudo o que fazemos ou sofremos, no que realizamos ou omitimos, nas nossas penas, dores, aflições e dificuldades, conservar e até fomentar em nós uma filial, terna e inocente elevação do nosso espírito, uma amorosa aspiração ou respiração para Maria como Mãe amantíssima e diletíssima em Deus.
 
 
LAUS DEO VIRGINIQUE MATRIS DE MONTE CARMELO.

segunda-feira, 13 de maio de 2013

S.Teresinha foi CURADA por Nossa Senhora! 13 de Maio!!!!


S.Teresinha foi CURADA por Nossa Senhora ,de uma doença grave na infancia.Era o dia 13 de maio de 1883,um Domingo de Pentecostes.Ela foi curada quando teve uma visão da Virgem que lhe sorria.Ela chamou então à imagem da Virgem do Sorriso.Interessante era um 13 de maio,data muito querida à Mãe do Céu,que em 1917 escolheria a mesma data para aparecer aos pastorinhos em Fátima.


CARMELUS TOTUS MARIANUS EST - " O CARMELO É TODO DE MARIA"





Santo Alberto não se referiu a Maria em sua regra, porque Ela está atrás de cada preceito, a Regra é a própria 
vida de Maria e cumprir perfeitamente a Regra é imitar Maria.
" O Carmelo foi fundado para Maria e serve para honrar e louvar a Maria".
Ela viveu em função de Jesus Cristo, portanto Ela é o perfeito cumprimento da Regra"obediente, amante do silêncio e da oração, simples, humilde, contemplativa, pobre, pura, que meditava profundamente a palavra de Deus".

13 de Maio - Nossa Senhora de Fátima!

Ora pro Nobis, Sancta Dei Genitrix!

sábado, 11 de maio de 2013

DIA DAS MÃES! VAMOS REZAR!?!



Amanhã é dia das mães e não podemos nos esquecer de saudar a mãe de Deus e nossa, a Virgem Maria. O rosário é uma excelente forma de fazermos isso, cada ave-maria é uma linda rosa para ela. 
Então se você rezar o terço, você estará dando a Nossa Senhora um buquê com mais de 50 rosas. E ainda pode pedir que ela interceda por sua mãe da terra.



terça-feira, 7 de maio de 2013

O Rosário de Nossa Senhora!!!


A origem do Rosário é muito antiga, pois conta-se que os monges anacoretas usavam pedrinhas para contar o número das orações vocais. Desta forma, nos conventos medievais, os irmãos leigos dispensados da recitação do Saltério (pela pouca familiaridade com o latim), completavam suas práticas de piedade com a recitação de Pai-Nossos e, para a contagem, o Doutor da Igreja São Beda, o Venerável (séc. VII-VIII), havia sugerido a adoção de vários grãos enfiados em um barbante.
Então Maria apareceu a São Domingos e indicou-lhe o Rosário como potente arma para a conversão:
"Quero que saiba que, a principal peça de combate, tem sido sempre o Saltério Angélico (Rosário) que é a pedra fundamental do Novo Testamento. Assim quero que alcances estas almas endurecidas e as conquiste para Deus, com a oração do meu Saltério". 

segunda-feira, 6 de maio de 2013

Devoção à Santíssima Virgem! (Mês de Maio, Mês de Maria)


"Por isso a devoção à Santíssima Virgem é necessária a todos os homens para a salvação e, muito especialmente, àqueles que são chamados a uma perfeição particular" (São Luis Maria Grignon de Montfort, Tratado da Verdadeira Devoção à Santíssima Virgem Maria, 40-43).

Procuremos nos apegar à Santíssima Virgem e às suas devoções como um meio de buscar a perfeição espiritual, com devoção e dedicação as santas obras de caridade, comunhões eucarísticas, Missa todos os domingos e se possível quantas vezes o cristão puder assistir nos dias de semana. A devoção a esta tão bondosa Mãe é a garantia da salvação de nossas almas, pois se por meio da Santíssima Virgem Nosso Senhor veio ao mundo, é por meio da Santíssima Virgem que nós devemos ir ao Nosso Senhor.

Rezemos todos os dias o Santo Rosário meditando nos mistérios desde o nascimento de Nosso Senhor, sua morte de Cruz e sua Ressurreição.


Contemplação das Matinas! 06/05/13


“... Enquanto houver entre vós ciúmes e contendas, não será porque sois carnais e procedeis de um modo totalmente humano?” – 1Coríntios 3;3.
Pois a própria palavra nos explica, se um de vós planta e outro rega, SEM DEUS NÃO IRÁ NASCER. De que adianta ter ciúmes ou se sentir superior diante o irmão que planta, ou o irmão que rega, sendo que os dois por mais junto que estejam SEM DEUS NÃO SÃO NADA?O que planta ou o que rega são iguais: cada um receberá a sua recompensa, segundo o seu trabalho.” – 1 Coríntios 3;8.


domingo, 5 de maio de 2013

Ódio do Mundo!!!



“ Se o mundo vos odeia, sabei que odiou a mim antes que a vós. Se fôsseis do mundo, o mundo vos amaria como sendo seus. Como, porém, não sois do mundo, mas do mundo vos escolhi, por isso o mundo vos odeia. Lembrai-vos da Palavra que vos disse: O servo não é maior do que o seu senhor. Se me perseguiram, também vos hão de perseguir. Se guardaram minhas palavras, hão de guardar também a vossa. Mas vos farão isso por causa de meu nome(...) Odiaram-me sem motivo [Sl 34,19; 68,5]. Quando vier o Paráclito, que vos enviarei da parte do Pai, o Espírito da Verdade, que procede do Pai, ele dará testemunho de mim. Também vós dareis testemunho, porque estais comigo desde o princípio.” - João 15; 18-27